A beleza de desligar o celular

 

A BELEZA DE DESLIGAR O CELULAR

Muitas das coisas mais belas que conseguimos ver ficam atrás das cortinas e não clamam por atenção. Simplesmente se desenvolvem num segredo involuntário. São atitudes, processos, sensações, imagens, sons, tudo isso acontecendo sem existir qualquer traço de vaidade e orgulho, pureza total no seu clímax.

Em alguns momentos de milagres operados no meio da multidão, Jesus pedia que não contassem a ninguém seus atos sobrenaturais e imediatamente se retirava. Buscava solitude, poeira baixa e o silêncio no meio das árvores, como que querendo dizer a tudo e todos de todas as gerações: não valorizem em primeiro lugar o que é belo a partir da operação de mãos humanas, ainda que minhas também, mas fitem com força os olhos naquele que criou a beleza. Eu gostaria de ser um mosquito e pousar no ramo de um arbusto para observar o Mestre em toda sua beleza solitária, longe de tudo, perto de nosso Pai em oração. Que cena! Nada deve se comparar.

Uma cachoeira cristalina no deserto, a ruptura com vícios antigos, o solo da guitarra contagiante, gerar um filho, inventar a roda e o manuseio do fogo seriam belezas totalmente ofuscadas pela visão da face de Deus num quarto fechado, sem gritaria e fotos no instagram.

Somente experimentar os momentos em secreto como Jesus fazia vão exterminar gradualmente, a necessidade do ser humano de clamar por atenção e suas insatisfações mesmo tendo o básico para viver.

Divulgue a beleza de fechar o quarto com Deus, a beleza de desligar o celular.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s